FANDOM


Contrato Faustiano
(, Keiyaku)
ContratoFaustiano
Contratante Humano
Contratado Demônio
(ver) (editar) (discutir)

Um Contrato Faustiano, melhor conhecido como Barganha Faustiana ou Pacto com O Diabo,[1] é uma conexão e barganha entre um humano e um Demônio, na qual o último oferece serviços específicos e realiza os desejos de um indivíduo pela compensação de poder consumir sua alma.

==Propósito== ficar rico e ter a mulher mais bonita do mundo e se torna um demonio Para um Demônio: Consumir a alma humana.

Para um humano: Tipicamente, realizar algo tentador e difícil de conseguir, tal como satisfazer uma vingança.[2] Depois, ele entrega sua alma ao Demônio.

==Criação do Contrato==Ciel Phantomhive A fim de criar um contrato, o humano deve convocar um Demônio. No entanto, parece que eles não precisam estar cientes da existência dos mesmos, tentando convocar um convocar um Demônio específico, ou convocando sem intenção, como quando Ciel Phantomhive chamou Sebastian Michaelis acidentalmente. Permanece implícito a questão do humano estar ou não desesperado à procura de uma saída, talvez o caso de Ciel é um indicativo do processo de um invocação típico, e tem pouca ou nenhuma fé em Deus. Sebastian afirma que, uma vez convocado, não é possível anular o pacto. Ao mesmo tempo, parece que o ser humano ainda tem a opção de criar um contrato com outro Demônio e/ou destruir o demônio. William T. Spears compara o contrato de um demônio com o dos humanos zombando deles e, em seguida, sugando tudo o que sai como um meio de sobrevivência, para que Sebastian diz que não descarta essa afirmação.

Marca Do Contrato Editar

ContratoFaustianoCiel

Marca do contrato no olho de Ciel Phantomhive

Uma vez que o contrato está feito, o humano fica com uma marca em lugares ambíguos (por exemplo, Ciel que carrega-o em seu olho direito, a qual ele esconde com seu tapa-olho e Sebastian em sua mão esquerda, que ele esconde com uma luva). Em certo sentido, o contrato é visto como uma "cicatriz" que o Demônio deixa para não perder a pessoa que o invocou. Não importa onde, o contrato tem um poder autoritário, o demônio é capaz de detectar onde o humano está, e irrefutavelmente, o último nunca pode escapar do Demônio.

O Demônio aparentemente é capaz de infligir a marca no humano, simplesmente pressionando a mão contra o local escolhido. A escolha do local onde permanecerá o selo é decisão do humano, como mostrado quando Sebastian pergunta a Ciel onde quer que a marca seja feita. A colocação do selo parece ser bastante dolorosa e quanto mais visível a marca do contrato no humano, mais poder este terá sobre seu demônio.

Contratos notáveisEditar

ReferênciasEditar

  1. Pacto com o diabo - Wikipédia (em português)
  2. Kuroshitsuji mangá; Capítulo 8, página 13